Tomates Confitados

O tomate é um dos ingredientes mais versáteis e comuns, presente diariamente na mesa dos brasileiros.

Você sabia que são cultivados ao redor de todo mundo mais de 7000 tipos de tomates das mais diversas variedades? E o mais legal, sabia que o tomate é uma fruta? Sim, isso mesmo, uma das únicas que comemos salgada. Assim como também são frutas a beringela, a abobrinha e o pimentão!

Para que você entenda melhor:

Fruta é o ovário amadurecido de uma planta, onde ficam as sementes. A confusão acontece porque nós somos acostumados a chamar as frutas salgadas de legumes. E saiba também  que existem alimentos que nós chamamos de fruta, mas não são. Trata-se dos pseudofrutos – estruturas suculentas que têm cara e jeito de fruto, mas não se desenvolvem a partir do ovário da planta, como as frutas reais. É o caso do morango, do caju, da maçã, da pera e do abacaxi, entre outras. Curioso nê!

 

 

Originário das Américas, provavelmente do período da civilização inca, nasce em diferentes formas e tamanhos, pode ser vermelho, verde, dourado, amarelo e até roxo escuro e serve para comer cru em saladas, assado, em sopas e como ingrediente de molhos e acompanhamentos. Está presente tanto no ketchup dos cachorros-quentes e hambúrgueres norte-americanos como nas massas e pizzas italianas e nas cozinhas da Nigéria, Espanha, Turquia e da maioria dos demais países.

Mais de 160 milhões de toneladas de tomates são produzidas no mundo a cada ano, principalmente na China, responsável por 30 milhões de toneladas anuais.

Na gastronomia nós usamos o tomate de diversas formas, nos mais variados tipos de preparo. Hoje vamos falar sobre os tomates confitados.

A técnica "Confit" consiste em conservar alimentos em sua própria gordura ou em algum tipo de gordura.

O Tomate confitado é assado e depois conservado no molho resultado da junção de seus líquidos e do azeite. Extremamente saboroso e pode ser utilizado em saladas, lanches ou no preparo de diversos tipos de finger food.

Você pode tanto utilizar os tomates grandes para confitar como fazer com os tomates cereja ou sweet grape, mais delicados e indicados para o preparo de comidas pequenas como as finger food.

Nessa receita, optamos pelos tomatinhos, cheios de sabor e ficam uma graça guardados em compotas.

 

TOMATE CONFIT

Ingredientes:

- 1 quilo de tomate cereja (faça com os vermelhos e amarelos)

- Ramos de tomilho

- 1 cabeça de alho

- Folhas de sálvia

- Sal, açúcar e pimenta do reino

Faz assim: Lave bem os tomates e corte ao meio. Coloque um tapetinho de silicone numa assadeira grande ou, se não tiver, forre com papel manteiga. Disponha os tomates virados todos pra cima com a parte da pela pra baixo. Coloque por cima os raminhos de tomilho e as folhas de sálvia. Descasque os dentes de alho e disponha-os pela assadeira. Tempere com sal e pimenta do reino e polvilhe uma generosa pitada de açúcar. Regue tudo com uma boa quantidade de azeite e leve ao forno pre aquecido a 180ºC por mais ou menos 1h30. O indicado é assa-los em baixa temperatura para que ele chegue a textura ideal sem queimar e solte todo o seu suco. Mas como os fornos convencionais começam no 180ºC vamos por este caminho. O ideal é que os tomates estejam bem murchinhos, começando a queimar a pele na parte de baixo, isso dará o gosto defumado ao tomate.

Tire do forno e transfira os tomates para um pote de vidro esterilizado. Junte todo o líquido que se formou na assadeira e guarde em geladeira. Sua durabilidade é de 3 meses em geladeira bem vedado.

Quer outra receita nossa super bacana que leva tomate? Veja a receita de Quirera

Ainda não existem comentários.

Comentários