O Picadinho

Quando pensamos em pratos emblemáticos na cultura gastronômica carioca, o picadinho está sempre lá. O prato que, supostamente, teve origem na cozinha de bares das noites do Rio de Janeiro, há muito tempo extrapolou sua raízes boêmias e é figurinha fácil no circuito de restaurantes da cidade, dando o ar da graça em cardápios dos mais diversos.

E claro, São Paulo também já é pioneiro na arte de fazer os mais diversos tipos de Picadinhos, com seus mais variados acompanhamentos.

Mas qual carne devo usar para preparar um bom Picadinho? São muitas as opções além do filé mignon, desde cortes com pouca gordura, como patinho, alcatra e coxão mole, até partes do dianteiro como o miolo de acém, o miolo da paleta e a raquete ou flat iron.

O primordial na escolha da carne é comprar cortes bovinos de excelente procedência, pois dai até os corte mais rígidos não precisarão de uma longa cocção e um dos pontos para se ter um bom picadinho é não cozinhar demais a carne, que dai se transformará em uma "carne de panela". A maneira correta de se preparar o prato e super aquecer a frigideira e saltear a carne bem picada por uns 4 minutos, até que doure por completo. Acrescentam-se os temperos e algum liquido a escolher, como vinho, cerveja, conhaque e até suco de laranja, o que fará com que o "grudadinho" da panela se solte e lhe trará um molho surpreendente!

Nossa versão de Picadinho é feita com coxão mole, e leva como companheiros um ovo "estrelado", banana da terra grelhada, arroz branco e farofa de biju com coentro. Já pode passar embaixo da mesa? Mas é claro!! Mão na massa que a família vai agradecer!!

PICADINHO TRADICIONAL

Ingredientes:

500gr de coxão mole picado na ponta da faca

½ cebola roxa bem picadinha

1 dente de alho bem picadinho

Cominho a gosto

1 colher de café de mostarda djon

1 lata de cerveja preta

sal e pimenta do reino a gosto

Faz assim: Picar a carne na ponta da faca nada mais é do que você picar a carne bem miudinha e para isso, nós cozinheiros sempre usamos a ponta de uma faca bem afiada. Tempere a carne com sal e pimenta do reino. Aqueça bem uma frigideira, coloque um fio de azeite e um pouco de óleo e doure a carne por uns 4 minutos até que esteja bem dourada. Junte a cebola e o alho e frite por uns 2 minutos. Junte o cominho e a mostarda, de uma boa mexida e junte a cerveja preta. Com uma colher de pau, ajude a soltar todo o fundinho que estará grudado no fundo da frigideira. Deixe que a cerveja incorpore a carne e comece a formar um molho espesso. Com todos os acompanhamentos ja prontos, junte a salsinha a carne ja fora do fogo e sirva imediatamente.

Nossos acompanhamentos:

Ovo frito: Não ha muitos segredos em se fazer um belo ovo frito mas algumas dicas na hora de prepara-lo trarão um melhor resultado. Aqueça bem uma frigideira e coloque uma colher de chá de manteiga. Quebre o ovo na frigideira e frite sem tampa. A tampa formará vapor o que vai cozinhar seu ovo ao invés de frita-lo. Quando as bordinhas estiverem douradas seu ovo está pronto. O lance é a gema ficar bem molinha e a clara macia. Tempere com sal e se gostar, um pouco de pimenta do reino. Aproveite!

Farofa de biju: Use a famosa farinha Deusa ou alguma farinha feita de biju grosso. Aqueça um pouco de azeite numa frigideira e acrescente a farinha. De uma boa fritada nela até que comece a dourar. Tempere com sal e pimenta do reino, muito coentro picadinho e só. E realmente uma deusa essa farofa.

Arroz Branco: deixaremos para um próximo post explicações mais detalhadas mas capriche no branquelo!

Banana da terra: Corte a banana da terra (tem que ser da terra!) no sentido do comprimento. Aqueça uma frigideira e acrescente um fio de azeite. Doure a banana dos dois lados até que esteja bem dourada. Sirva imediatamente.

Monte seu Picadinho da maneira que achar mais interessante. Tudo junto num prato só como um belo PF, ou separadamente, colocando o picadinho numa panelinha pequena a parte, fica um charme!

Se estiver por São Paulo, não deixe de conferir o Picadinho preparado pelo Chef Carlos Ribeiro, que é um de nossos favoritos.

 

 

Ainda não existem comentários.

Comentários