Gnocchi ao Pesto de Rúcula

O gnocchi (grafia original da palavra que significa ‘pedaços’ ou ‘pelotas’) é uma receita tradicional italiana que, por mais incrível que pareça, parece ter “nascido” em outro lugar. A massa, ou algo semelhante a ela, já era produzida no Oriente Médio desde os tempos romanos, e sua origem na Itália se deve, nada mais e nada menos, que à pobreza.

As antigas mamas italianas eram obrigadas a usar a imaginação para alimentar suas famílias, isso sem um ingrediente básico para a sua culinária que sobrava para os ricos, mas faltava para os pobres: a farinha. Para conseguir a proeza de dar de comer a todos, elas utilizavam restos de pão ralado, um pouquinho de farinha e água para criar um prato que era chamado, até a Idade Média, de maccheroni.

A massa era então modelada a mão e cozida em água salgada ou caldo de verduras e ossos de galinha, para dar sabor. E que sabor! De tão delicioso, o nhoque logo caiu nas graças dos mais ricos e se popularizou por toda a Itália, se transformando na delícia que hoje é marca registrada do país onde (re)nasceu.

Atualmente, o nhoque possui tantas variações quanto fãs: com ovos, com batata, com verduras e legumes, com farinha de castanhas e até versões doces. Uma infinidade de sabores que descendem das cozinhas mais pobres da Itália e que hoje são um sucesso estrondoso em todas as partes do mundo.

Existem infinitas formas de se preparar um belo Gnocchi, a mais tradicional com molho de tomates frescos. Mas hoje ensinaremos a versão da massa tradicional mas com um saborosíssimo pesto de rúcula. Vem na nossa que você não vai se arrepender!

Gnocchi ao Pesto de Rúcula

IMG_0883

Algumas dicas importantes para o preparo de gnocchi:

Qual batata devo usar: A escolha da batata correta será essencial para o sucesso da sua receita. Como estamos lidando com uma massa a base de batatas, será necessário o udo de farinha de trigo para que que a liga. E quanto menos farinha de trigo você usar, mais leve e saboroso ficará o seu gnocchi. Para isso escolha batatas que possuem o menor teor de água possível. As mais indicadas são as BINTJE (cor amarela) e a ASTERIX (cor roxa).

Quanto de farinha usar: Temos uma base de que para cada quilo de massa de batata, usa-se 300gr de farinha de trigo + 1 ovo. Mas pode haver alteração nessa medida da farinha. Quando fazemos o gnocchi, vamos colocando a farinha aos poucos. Logo a massa de a liga, paramos de agregar a farinha, mesmo que não tenhamos usado as 300gr.

Asse as batatas: Quando cozinhamos as batatas em água, mesmo que com casca, ela tende a absorver parte dessa água, o que fará com que ela fique mais úmida, fazendo com que usemos mais farinha no seu preparo. Se assarmos as batatas embrulhadas em papel alumínio, estas ficarão mais secas. Consequentemente usaremos menos farinha para conseguirmos a liga.

Batata Doce: Se quiser uma massa  mais saborosa ainda, use 70% de batata normal e 30% de batata doce ao fazer a massa. Asse da mesma forma.

Espere a batata esfriar: Nunca misture a farinha de trigo as batatas amassadas ainda quente. Isso fará com que as batas absorvam muito rápido a farinha e dará a impressão que ainda estão muito moles e úmidas, o que vai fazer você encher a massa de farinha. O correto é amassar as batatas ainda quente e depois esperar esfriar por completo. Só então agregue a farinha necessária.

Massa Tradicional:

1,5 quilos de batata Asterix

500g de batata doce

2 ovos grandes

10ml de azeite de oliva extra virgem

Sal a gosto

Nóz moscada ralada a gosto

30g de parmesão ralado fino

Para o Pesto de Rúcula

- 1 maço de rúcula

- 1 vidro de azeite extra virgem

- 50g de parmesão ralado fino

- 50g de nozes

- 1 dente de alho

- sal a gosto

- 2 pedras de gelo

Para a finalização: 

- Nozes picadas

- Brotos de amaranto

Comece pelo pesto: No liquidificador, coloque as folhas de rúcula (nós usamos os talos também!), a nozes, o alho e o parmesão. Junte metade do vidro de azeite e bata. O ideal do pesto é que ele fique cremoso, não muito líquido e nem muito grosso. Junte as duas pedras de gelo e bata até homogeneizar. A função do gelo e deixar seu pesto extremamente verdinho e fresco! Reserve.

Preparo da massa: Lave bem e seque as batatas. Embrulhe em papel alumínio e leve assar até ficarem macias ao toque do garfo. Desembrulhe, retire a casca e esmague com um garfo ou com o auxílio de um esmagador de batatas. Deixe esfriar por completo. Enquanto as batatas esfriam, ja coloque uma panela grande com bastante agua no fogo para ferver apenas com sal. Se colocar óleo ou azeite na massa, deixará seu gnocchi escorregadio, o que dificultará o molho se agregar a ele na hora de servir. Junte as batatas os ovos, o azeite, o sal, a nós moscada e o parmesão. Misture com as mãos apenas para agregar. Vá adicionando a farinha aos poucos, o suficiente para a massa dar a liga e não grudar na mãos. Manuseie a massa o menos possível para que ela não umedeça e nem desenvolva o glúten, o que a fará ficar elástica. Faça bolinhos com massa deixando uma espessura de um dedo médio. Gnocchi bom é gnocchi bem gordinho! Corte os rolinhos com o auxílio de uma faca ou uma espátula de alumínio e sempre polvilhe um pouco de farinha ir cima para evitar que grudem um no outro. Vá colocando as bolinhas de massa na água fervente, sempre em pequenas porções, e espere até que cozinhem e subam a superfície da panela. Um gnocchi fresco cozinha em média entre um, um minuto e meio. Vá retirando as bolinhas que boiaram com o auxílio de uma escumadeira e vá acomodando na travessa de serviço e regue sempre a cada nova leva um fio de azeite para que as bolinhas não grudem.

Assim que estiverem todas cozidas, cubra com o Pesto de Rúcula, salpique as nozes e decore com os brotos de amaranto. Sirva imediatamente.

Dica: Você pode variar a erva do seu pesto, pode fazer com manjericão, salsinha e agrião, como já ensinamos nesse POST!

Ainda não existem comentários.

Comentários