Beterraba, aprenda a gostar!

Planta típica do clima temperado, a beterraba é um vegetal que tem sua origem na Europa e no norte da África. Em um primeiro momento, a beterraba era usada exclusivamente para a alimentação de animais e logo depois, apenas as folhas eram consumidas pelo homem. Acredita-se que os antigos romanos foram os primeiros a usar a raiz como alimento e sua popularidade cresceu após a descoberta de sua utilização na produção de açúcar.

A Beterraba é rica em potássio, um dos minerais mais importantes para a saúde, o qual tem a função de equilibrar a pressão arterial e a contração muscular. Ela é a raiz que mais possui carboidratos mas não deve ser eliminada em dietas pois suas quantidades não são significativas.

Uma nota importante sobre a Beterraba é que, ao contrário do que se pensa, ela não é um auxiliar no tratamento de anemias pois a sua quantidade de ferro é extremamente baixa, para cada 100g do vegetal, ha apenas 0,3mg de ferro. Mas apesar dessa dado não tão animador, a beterraba é rica em betacianina, composto de traz a rica cor avermelhada e um potente antioxidante que está associado a longevidade e ao combate ás doenças do coração.

E para os vegetarianos, é bom lembrar que a a folha da Beterraba, apesar de ser rica em fibras e minerais, deve ser consumida com moderação pois o ácido oxálico presente nelas dificulta a absorção do cálcio pelo organismo o que pode gerar deficiência desse composto.

E lembrando sempre que as propriedades nutricionais diminuem quando cozinhamos o alimento, portanto, a beterraba crua trará muitos mais benefícios a sua saúde.

Muita gente ainda torce o nariz para a linda beterraba, e para mudar essa visão de um legume tão benéfico, vem aprender com a gente essa receita super fácil de Risoto de Beterraba, incrivelmente saboroso e fácil de preparar!

Risoto de Beterraba

ritoso de beterraba

- 500g de arroz arbóreo

- 1 taça de vinho branco

- 1 cebola

- 3 beterrabas médias

- 300g de parmesão ralado

- 2 colheres de sopa de manteiga sem sal

- 1 fio de azeite

- sal

- 1 litro de água

Modo de preparo: Lave bem as beterrabas, seque com papel toalha e embrulhe uma a uma com papel alumínio. Leve assar em forno a 200g por 40 minutos. Pique a cebola em cubinho pequenos e reserve. Bata a beterraba no liquidificador com a água até homogeneizar e coe. Coloque a água de beterraba em uma panela e leve ao fogo para ferver. Mantenha em fogo brando enquanto começa o risoto. Em uma panela funda, refogue a cebola em uma colher de manteiga e o fio de azeite até ficar transparente. Acrescente o arroz arbóreo e refogue por uns 3 minutos mexendo sempre. Junte  o vinho branco e mexa com uma colher para que o álcool do vinho evapore, uns dois minutos em média. Vá acrescentando a água da beterraba aos poucos ao arroz, mexendo sempre em fogo médio, para que ela vá cozinhando. É importante que você mexa constantemente para que o amido do arroz vá se soltando, o que vai deixar seu risoto muito mais cremoso. O ponto do risoto é al dente, ou seja, arroz cozido porém ainda firme. Existem pessoas que gostam mais molinho, outras já preferem ele mais consistente, o importante é ficar saboroso. Assim que atingir o ponto certo, acrescente o parmesão e mexa por um minuto. Desligue o fogo e acrescente a colher de manteiga. Mexa bem, acerte o sal e sirva.

Se quiser uma apresentação bacana, decore seu Risoto de Beterraba com brotos do próprio vegetal!

Dica: Se sua água de beterraba estiver acabando e seu arroz ainda não estiver no ponto desejado, acrescente mais agua quente a panela onde ela está!

Curiosidade: Brotos de vegetais e legumes são super bonitinhos para decorar pratos e finalizações, mas não são fáceis de encontrar. Um bom lugar é a Fazenda Maria, que tem uma grande variedade de brotos e outros produtos. Ah, eles entregam em casa! Acesse o site e conheça. Fazenda Maria

 

 

 

Ainda não existem comentários.

Comentários