Baunilha

A baunilha já esta presente ha muito tempo na mesa dos brasileiros. Não ha quem não tenha um vidrinho de "essência de baunilha" na dispensa de casa. Mas hoje ja encontramos as favas da verdadeira baunilha vendida em supermercados e empórios, o único problema é que ela chega no mercado a preços exorbitantes o que leva a 90% da população a ter que optar pela essência. Vamos te contar um pouco sobre essa especiaria, que é a segunda mais cara do mundo perdendo apenas para o açafrão, e ainda te ensinar a fazer seu próprio extrato com baixo investimento e que pode durar anos.

A orquídea possui mais de 20.000 espécies catalogadas pelo mundo sendo que apenas 150 são descritas como baunilha. E dessas 150, só dois exemplares são comestíveis, que são  a espécie Bourboun e a Tahitian. A forma mais pura e concentrada da Baunilha natural pode chegar a valer 6.000$ o quilo, fator que faz que chegue até o Brasil pelo preço que encontramos. É a nota base de diversos perfumes pelo mundo, como o famoso Chanel No5.

Proveniente do México, hoje a baunilha tem quase toda sua produção concentrada na em Madagascar e na Ilha da Reunião, com pequenas contribuições de plantio na Índia, Indonésia, México e China.

Após a polinização e maturação que dura cerca de 9 meses, as favas da baunilha são colhidas ainda verdes e banhadas em águas quentes para interromper seu amadurecimento e morrer. Após essa etapa, durante 3 a 4 meses as favas tomam banhos de sol diariamente e são embrulhadas em cobertores durante a noite para suarem e secarem. Por isso após todo esse processo, elas diminuem de tamanho perdendo ¾ do seu peso original.

São divididas em dois grupos, o A onde suas vagens são maiores, mais oleosas e úmidas, sendo de maior qualidade e grau B, onde suas vagens são menores e possuem menor qualidade.

O extrato da Baunilha

O extrato de baunilha é feito através da infusão de seus grãos em uma mistura de álcool e água durante um certo período. Mas a maioria dos extratos comercializados são completamente artificiais e são produzidos com a Vanilina, um dos aromatizantes da baunilha. A essência de baunilha é feita pelo extrato da baunilha destilado.

CURIOSIDADE

Você sabia que uma secreção vinda de um tipo de roedor é usada como "essência de baunilha" para alguns fins culinários e na perfumaria mundial? Sim, é isso mesmo que você leu.Chamada de castóreo, essa substância é secretada pelos castores para fins de marcação de território e impermeabilização dos pelos. Para a indústria, o composto é aprovado pelo FDA (Food and Drug Administration) dos Estados Unidos, sendo aprovado como um aditivo seguro, que tem sido usado na produção de alimentos e também de perfumes por pelo menos 80 anos. É certo que hoje em dia esse meio é pouco utilizado devido a difícil extração da secreção, mas ainda assim usado por algumas empresas. Curioso e meio esquisito, não é mesmo?

FAÇA VOCE MESMO!

Para não cair na cilada de usar uma essência ou extrato de baunilha "fake", faça você mesmo o seu próprio extrato de baunilha.

Você vai precisar de:

- 4 favas de baunilha

- 300ml de vodka de boa qualidade

- 1 recipiente de vidro com tampa hermética ou rosca

Faz assim: Antes de tudo, esterilize seu vidrinho. Abra as favas de baunilha ao meio e coloque-as dentro do vidro. Enche sua garrafinha com vodka, tampe e chacoalhe bem. Deixe seu vidrinho guardado em algum lugar escuro por 30 dias. Umas 3 vezes por semana de um alo pra ele e de uma boa chacoalhada. Após esse período você terá o mais puro e aromático extrato de baunilha. O álcool faz com que os compostos aromáticos e voláteis sejam solubilizados e dissolvidos ficando "presos" ao líquido ao invés de evaporar. E conforme seu extrato for acabando, você pode sempre completa-lo com mais vodka e mais um pedacinho da fava, esse ciclo pode chegar a durar anos!

AS FAVAS USADAS

Quando usar favas de baunilha para qualquer preparo, guarde as favas após usar as sementes, deixe-as secar ao sol e guarde-as em potes de açúcar (para criar o famoso açúcar baunilhado) e também num pote com flor de sal, sim, com sal. Você não faz ideia do sabor que isso terá.

Aproveite seu homemade e use e abuse nas suas preparações doces e ate salgadas.

Normalmente trazemos nossas baunilhas de fora, por questões de valor mais viabilizado. Mas quando comparamos em terras nacionais, pedimos nossas favas na Bombay.

Ainda não existem comentários.

Comentários